terça-feira, 21 de maio de 2019

Workshop “Eleições Europeias”

      No dia 21 de maio pela 14:45 realizou-se no auditório da ESPAM um workshop sobre as eleições Europeias que teve como objetivo consciencializar os jovens para a importância do ato de votar. Assim, alunos do 10º A, D e F, associados ao Programa Escolas Embaixadoras para o Parlamento Europeu tomaram a iniciativa de promover este workshop visando os alunos do ensino secundário e profissional. Para tal convidaram o Dr. João Madeira que fez a contextualização histórica e cultural sobre as eleições em Portugal, a docente Felizarda Barrada que também se debruçou sobre aspetos vividos pela sua família e por si durante o período antes e pós 1974. Estiveram também presentes elementos locais da política, entre eles, o deputado Pedro do Ó (PSD), o Presidente da Junta de Freguesia de Santo André, David Gorgulho (CDU) e o vereador Óscar Domingues Ramos (PS). O contributo destes oradores foi muito importante para informar os alunos sobre a importância do ato de votar, independentemente das cores políticas, e relembrar os jovens de que o futuro está nas suas mãos e que eles não devem deixar de cumprir com os seus deveres de cidadãos.

Samuel, Matilde, Feliciana (embaixadores juniores, 10ºano)

quinta-feira, 9 de maio de 2019

DIA DA EUROPA NO AESA

   O AESA celebrou o dia 9 de Maio, dia da Europa. Na semana anterior, aquando da publicação do boletim do Clube Europeu do mês de maio, no placard de informação divulgámos o evento. Os embaixadores juniores explicaram o que era o Dia 9 de Maio, como tinha surgido e porque o devíamos divulgar e acarinhar.
   Seguiu-se uma Exposição de trabalhos (a equipa associou-se a outros projetos existentes no Agrupamento – Clube Europeu, Parlamento dos Jovens, Erasmus+ «YEAH!») que foi inaugurada no dia 7 de maio. A exposição incluiu 5 placards com trabalhos dos alunos que demonstram o trabalho dos embaixadores ao longo do ano: a democracia na Europa (alguns marcos históricos até ao nascimento da União Europeia; direitos humanos e poesia[1] a eles associada (valores democráticos como a liberdade, igualdade, justiça, entre outros); as eleições europeias (o porquê da abstenção entre os jovens; o que é que enquanto embaixadores podemos fazer para alterar esta situação; e cartazes desenvolvidos pelos alunos de apelo ao voto nas eleições europeias).
   No dia 9 de maio, procedeu-se à entrega do prémio ao vencedor do Concurso para o logótipo associado ao programa no AESA, junto ao nosso info-point, na biblioteca da escola-sede do Agrupamento.
   Foram divulgados alguns dos poemas que participaram no Concurso promovido pelo programa e pelo Clube Europeu subordinado ao tema «Valores democráticos». Os vencedores serão anunciados posteriormente. O júri composto por professores e embaixadores reunirá e entregará os prémios por escalão – 2º ciclo, 3º ciclo e Ensino Secundário (em inglês e português).





quarta-feira, 24 de abril de 2019

LIBERDADE E DEMOCRACIA

A liberdade é um valor antigo.
   Quando se procura os fios do labirinto da liberdade, é comum voltar-se à Grécia Antiga, caracterizada pelo pensamento inquiridor de Sócrates, pela utopia da República platónica e a polis onde havia a separação do público e do privado com a ideia de liberdade ligada ao espaço público onde ninguém comandava ninguém. Esta era a realidade da ágora, o grande espaço de discussão. Não a realidade das mulheres, dos estrangeiros e, principalmente, dos escravos.
   A ideia de liberdade, pós-Idade Média, vai redesenhar o conceito de vida pública. A partir daí, começa a mudar a configuração da hierarquia original do mundo.
   A liberdade é o sangue que corre na veia dos regimes democráticos. 


terça-feira, 9 de abril de 2019

A ESPAM em Hamburgo

      No âmbito das atividades do projeto Erasmus+ do AESA, um grupo de 10 alunos e 2 professoras, deslocou-se a Hamburgo, Alemanha, entre 30 de março e 6 de abril.
      Dia 30 de março, este conjunto de alunos do 9º e 10º anos e duas “corajosas” professoras partiram do aeroporto Humberto Delgado rumo a Hamburgo com o intuito de participar no 5º encontro deste projeto.
   A visita foi muito agradável, tivemos a oportunidade de conhecer diferentes culturas, conhecer esta cidade maravilhosa e criar lações com novas pessoas. Hamburgo é muito diferente de Vila Nova de Santo André e não falamos apenas em tamanho ou em número de habitantes. Os habitantes utilizam os transportes públicos para se deslocar e, em grande número, vão para os seus locais de trabalho ou para as escolas de bicicleta. Na escola há um enorme parque de estacionamento para bicicletas (o dos automóveis é ridiculamente pequeno!).
   As atividades que realizámos no âmbito do projeto foram bastante interessantes e o facto de trabalharmos sempre em grupos internacionais permitiu-nos mais socialização e maior conhecimento. Ao longo da semana, o Inglês foi a Língua que dominou na sala de trabalho da escola alemã. Durante a semana realizámos algumas visitas, nomeadamente, a visita ao Parlamento de Hamburgo, um espaço rico em História e sumptuoso, e ao Hamburg Dungeon, uma espécie de museu do Terror e da História obscura das noites de Hamburgo no passado.
   Todos foram muito prestáveis, simpáticos e amáveis, ajudando-nos no nosso trabalho sempre que necessário.
   Foi uma semana cheia de novidades, novos sabores, algum frio e chuva.

Mariana Teresa e Mafalda Abreu, 9ºD


quinta-feira, 7 de março de 2019

Concurso de Poesia

O Clube Europeu do Agrupamento promove um Concurso de Poesia, em Língua Portuguesa e/ou Língua Inglesa sobre a temática “Valores democráticos” (por exemplo, liberdade, solidariedade, igualdade…). Este concurso está aberto à participação de todos os alunos, do 5º ao 12º ano de escolaridade, que frequentem este agrupamento.


   Participa!


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Democracia e Liberdade de expressão

Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia

Artigo 11º
1. Todas as pessoas têm direito à liberdade de expressão. Este direito compreende a liberdade de opinião e a liberdade de receber e de transmitir informações ou ideias, sem que possa haver ingerência de quaisquer poderes públicos e sem consideração de fronteiras.
2. São respeitados a liberdade e o pluralismo dos meios de comunicação social.


   A liberdade de expressão é o primeiro mandamento da nossa convivência democrática.

   Liberdade de Expressão é o direito que permite as pessoas manifestarem suas opiniões sem medo de represálias. Igualmente, autoriza que as informações sejam recebidas por diversos meios, de forma independente e sem censura. Este direito também é garantido pela Declaração Universal dos Direitos Humanos.
   Comunicarmos uns com os outros e expressarmo-nos livremente é fulcral para viver numa sociedade aberta e justa. Os governos falam de forma vã em “liberdade de expressão” em quase todas as Constituições do mundo, mas a realidade não é assim tão livre. Por todo o mundo, há pessoas a serem postas na prisão e, pior, por dizerem o que pensam.
   O nosso direito de requerer, receber e partilhar informação e ideias, sem medo nem interferência ilegal, é crucial para a nossa educação, para nos desenvolvermos como indivíduos, ajudarmos as nossas comunidades, acedermos à justiça e usufruirmos de todos os nossos outros direitos.
   O mundo digital proporciona igualdade no campo de atuação e dá a muito mais pessoas acesso à informação necessária para confrontarem governos e grandes empresas. Informação é poder e a internet tem o potencial de capacitar, significativamente, os sete mil milhões de habitantes do planeta. Permite-nos alcançar os meios necessários para expressar o que vemos e sentimos.